domingo, 30 de março de 2008

O PODER QUE FIDEL CASTRO NÃO PÔDE DETER

J. Lee Grady
O ditador comunista duro de matar passou 47 anos tentando exterminar o Cristianismo em Cuba. Agora ele entregou o poder — e as igrejas evangélicas em Cuba estão mais fortes do que nunca.
Todo o mundo sabia que chegaria o dia em que Fidel Castro perderia as forças em sua opressão asfixiante sobre Cuba. Mas o que os repórteres de jornais e de TV não anunciaram nessa semana foi que a entrega de poder que Fidel fez para seu irmão Raúl ocorreu logo depois de um esforço de último momento para deter a rápida propagação do Cristianismo na ilha isolada.
Em setembro de 2005, Fidel implementou a Diretiva 43 e a Resolução 46 — leis restritivas que exigiam que as muitas “casas igrejas” de Cuba se registrassem junto ao governo comunista. De acordo com um relatório que será divulgado pela revista Charisma, as leis proibiam lares não registrados de serem usados como lugares de adoração.
Vi o movimento de casas igrejas com os próprios olhos há 11 anos, quando passei uma semana em Havana. Um culto que visitei foi realmente realizado no quintal da frente de um lar, e o culto de adoração pentecostal de três horas atraiu mais de 125 pessoas. Muitas vezes as tão chamadas igrejas casas são bem grandes, mas os membros não podem se reunir em edifícios de igrejas porque o governo de Fidel Castro vem limitando as liberdades religiosas desde que ele começou a governar em 1959.
Fiquei também sabendo durante minha visita a Cuba que o tipo de comunismo de Fidel é uma estranha mistura de ideologia marxista e feitiçaria caribenha. Em Cuba muitos sabem que ele consulta bruxos da Santeria — uma religião que os escravos africanos importaram para Cuba e se misturou com práticas católicas. Fidel ergueu estátuas e santuários honrando Santeria na entrada de muitas vilas na nação de 11 milhões de pessoas.
Um missionário carismático que conversou com Charisma disse que ele acha que as recentes medidas de Fidel para restringir as igrejas ocorreram porque “o diabo está totalmente furioso”. Apesar de 47 anos de dominação comunista, e apesar de prender milhares de pastores e cristãos ativos durante muitos anos, as igrejas evangélicas vêm crescendo exponencialmente.
As Assembléias de Deus são a maior denominação evangélica da ilha, tendo várias centenas de igrejas estabelecidas bem como milhares de células de grupos ou “casas de culto”, como são chamadas. O repórter Lukins descobriu que há entre 10.000 e 15.000 dessas casas igrejas em funcionamento em Cuba hoje.
Muitos pastores cubanos com quem me encontrei ali em 1995 haviam passado algum tempo ou na prisão ou em campos comunistas de trabalhos forçados. A mesma opressão religiosa cruel ocorre hoje.
“As igrejas evangélicas de Cuba têm passado por uma longa história de perseguição, e essa perseguição contribuiu para sua saúde”, disse um missionário que trabalha em Cuba desde 1999.
Missionários americanos que trabalham em Cuba bem como pastores cubanos relataram para a revista Charisma recentemente que o reavivamento cristão tem atingido até mesmo a família de Fidel. Um de seus sobrinhos, ao que se informa, freqüenta uma dinâmica igreja evangélica na ilha e chegou até a convidar o presidente doente para freqüentar a igreja.
Os relatos também revelam que grande número de autoridades do governo cubano estão se tornando cristãos e deixando seus empregos no governo comunista.
O que o futuro reserva para as igrejas evangélicas de Cuba? Autoridades do Departamento de Estado dos EUA não estão prontas para declarar que Cuba está livre, mas muitos observadores dizem que duvidam que Raúl Castro conseguirá manter em lugar o sistema autocrático de seu irmão — principalmente se Fidel morrer logo. A democracia está pronta para decolar em Cuba, abastecida não só pelos patriotas que amam a liberdade, mas também pelos corajosos cristãos que querem levar sua fé ao exterior.
Um pastor disse para Charisma: “Esse é o tempo dos crentes cubanos na história. Eles acreditam que foram equipados por Deus através do sofrimento a levar o evangelho aos lugares mais difíceis do mundo”.
Predigo que eles estarão logo se mobilizando para começar essas viagens missionárias. O experimento comunista de Fidel não funcionou, seus duros esforços para exterminar o Cristianismo foram um tiro pela culatra, e nossos irmãos e irmãs de Cuba logo estarão se espalhando aos quatro cantos do mundo como prova de que Jesus sempre tem a última palavra.J. Lee Grady é editor da revista Charisma.
Artigo original: Charisma Online: The Power That Fidel Castro Couldn’t Stop, 4 de agosto de 2006. Traduzido e adaptado por Julio Severo: www.juliosevero.com; www.juliosevero.com.br

MISSIONÁRIOS SÉRGIO E DÉBORA: APERFEIÇOADOS ATRAVÉS DO SOFRIMENTO

MISSIONÁRIOS SÉRGIO E DÉBORA: APERFEIÇOADOS ATRAVÉS DO SOFRIMENTO

quinta-feira, 20 de março de 2008

APERFEIÇOADOS ATRAVÉS DO SOFRIMENTO

“NÓS SOMOS APERFEIÇOADOS ATRAVÉS DO SOFRIMENTO.”

“Mas o Senhor lhe disse: Vai, pois este é para mim um instrumento escolhido para levar o meu nome perante os gentios e reis, bem como perante os filhos de israel...
...pois eu lhe mostrarei quanto lhe importa sofrer por causa do meu NOME ” Atos 9:15-16.
Uma das causas da inconsistência da vida cristã que temos vivido está em termos sido alcançados pelo “evangelho das ofertas”. Pelo evangelho que nos apresenta apenas os benefícios da cruz. E no meio deste “evangelho” o que se proclama é: “Vem pra Jesus e você vai receber isso e aquilo...”.
Mas, não é isso que de fato é o Evangelho como a experiência da conversão do Apóstolo Paulo retrata. O próprio Paulo foi instrumento de perseguição e de sofrimento para a Igreja, até que no caminho para Damasco teve uma experiência sobrenatural com o Senhor e ouviu a Sua voz dizendo: “Saulo, Saulo por que me persegues?” E naquele instante Saulo/Paulo faz a sua primeira confissão de fé: “Quem és tu, Senhor?” Daquele momento em diante Paulo passa de perseguidor para perseguido e começa a desfrutar na sua vida, no seu ministério, o privilégio de sofrer por Cristo.
Paulo teria a experiência de que “sofrer pelo nome de Jesus vai redundar em benção.”.
“O que tem sido pregado são somente as bênçãos sem mostrar o custo da vida de Cristo.”
Conforme João 3:16 que declara que:“ Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu único Filho, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha vida eterna”; compreendemos que, “alguém pagou o preço, alguém foi rejeitado, alguém sofreu...”
“Ora, o Deus de toda a graça, que em Cristo vos chamou para a sua eterna glória, DEPOIS DE TERDES SOFRIDO POR UM POUCO, ELE MESMO VOS HÁ DE APERFEIÇOAR, FIRMAR, FORTIFICAR E FUNDAMENTAR.” I Pe 5:10.
“... alegrai-vos na medida em que SOIS CO-PARTICIPANTES DOS SOFRIMENTOS DE CRISTO, para que também, na revelação de sua glória, vos alegreis exultando” I Pe 4:13.
Precisamos ter a revelação de que “SOFRER POR CRISTO É UM PRIVILÉGIO.”
“Por diversas situações difíceis que passamos acabamos murmurando.” Lembre-se: “a murmuração é adoração ao inferno”, é a linguagem do reino das trevas.
“Você tem que se sentir alegre por passar pelas mesmas aflições que Cristo passou. Muitos hoje não querem passar pelo que Cristo passou”, preferem viver um Cristianismo sem cruz.
Percebemos que conforme I Pe 5:10 declara, o próprio Deus, “Ele mesmo vai começar a operar um processo de mudança em seu caráter.”
“O sofrimento é bem-vindo em Cristo Jesus. Essa mensagem não é de derrota não! Todos vão passar por provações, vão passar por sofrimento, MAS ESSE SOFRIMENTO VAI MOLDAR O SEU CARÁTER.”
“Se não soubermos quem nós somos em Cristo, na primeira dificuldade vamos negá-Lo.” E seremos como a porca que volta ao lamaçal ou como o cachorro que volta ao seu vômito.
“Paulo recebeu do Senhor um espinho na carne... Deus permitiu que o espinho na carne tratasse o seu caráter. Ele era extremante orgulhoso...” Diante do sofrimento, como Paulo que clamou três vezes a Deus para livrá-lo, nós também vamos clamar, mas nem sempre vamos ouvir o que queremos ouvir, e sim um simples e poderoso: “... a minha GRAÇA te basta, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza...”
“O Deus que me revestiu de força e aperfeiçoou o meu caminho...” Sl 18:32
“Deus estava aperfeiçoando o caminho de Davi, e Ele quer aperfeiçoar também o seu caminho.”
“... pois a LEI NUNCA APERFEIÇOOU COISA ALGUMA, e, por outro lado, se introduz esperança superior, pela qual nos achegamos a Deus.” Hb 7:19
“... muitos estão querendo ser aperfeiçoados só participando de uma escola de treinamento,” como por exemplo, a ECAM (Escola de Capacitação Missionária). Mas precisamos compreender que “todo treinamento tem a parte teórica e a parte prática. VOCÊ SERÁ PROVADO!”
“Se você quer ser aperfeiçoado, se prepare, pois, provas virão, tribulações virão”, o sofrimento será inevitável.
“Não tem um homem de Deus na Palavra, aprovado, que não tenha experimentado os benefícios do sofrimento.”
“Por que, com uma única oferta, APERFEIÇOOU PARA SEMPRE quantos estão sendo santificados” – Hb 10:14.
“Quando passamos pelo sofrimento Deus está nos aperfeiçoando,” nos fazendo obter “um maior grau de aptidão”, de habilidade espiritual, de maturidade e uma excelente oportunidade de termos o nosso caráter provado.
Conforme I Pe 5:10, “além de nos aperfeiçoar, Deus vai nos FIRMAR. Qualquer prova que vem você cai! Chega!!! Deus vai te firmar, meu irmão!”
“Esperei confiantemente pelo Senhor; ele se inclinou para mim e me ouviu quando CLAMEI POR SOCORRO. Tirou-me de um poço de perdição, de um tremedal de lama; colocou-me os pés sobre uma rocha e ME FIRMOU OS PASSOS” – Sl 40:1-2.
“Só clama por socorro quem está necessitado, quem está desesperado e, que não consegue resolver o problema sozinho...”
“Deus quer firmar os nossos passos, por isso Deus tem permitido o sofrimento que temos passado.”
“Você está saindo da situação de menino para se tornar homem. Saindo do tempo de meninice, crescendo e amadurecendo no Senhor.” Avance, guerreiro!
“Quem és tu que julgas o servo alheio? Para o seu próprio Senhor está em pé ou cai; MAS ESTARÁ EM PÉ, POIS O SENHOR É PODEROSO PARA O SUSTER” – Rm 14:04.
“O Senhor vai nos FORTIFICAR. Tornar forte com muita possibilidade de vitória...” nos fará “discípulos consistentes”.
Há um livro chamado “O Homem do Céu” (leitura recomendada), que relata a história de um chinês que experimentou o sofrimento de forma intensa pelo fato de não querer negar o nome de Jesus, de não parar de fazer a Sua vontade na proclamação do Evangelho. O irmão Yun sofreu e foi humilhado de diversas formas: apanhou de formas variadas, colocaram fezes e urinaram em sua boca, quebraram as suas pernas de tanto baterem nele, etc.. Houve um caso na prisão interessante. Um irmão em sua cela ao ser pressionado pelos guardas por meio das torturas para negar a Jesus, acabou cedendo à pressão, e acabou negando-O. Isso indignou tanto o irmão Yun, que ele começou a escrever diante desse irmão na parede da cela diversas vezes: “NÃO AO DIABO E SIM PRA JESUS”. Escreveu tão intensamente que o lápis acabou... mas ele continuou escrevendo com o sangue do próprio dedo: “NÃO AO DIABO E SIM PRA JESUS.”
Portanto, no meio das provas e sofrimentos sempre diga com suas atitudes: “NÃO AO DIABO E SIM PRA JESUS!”
Ao visitar a Igreja do Ocidente, o irmão Yun percebeu essa distorção do evangelho que vivenciamos; um evangelho que enfatiza as nossas necessidades e não os interesses do Reino, e disse que a “a Igreja do Ocidente precisa se arrepender.”
“Vamos ser FORTALECIDOS pela fé... QUAL É A SITUAÇÃO EM QUE VOCÊ VAI TER FÉ? SÓ NO TEMPO BOM? E NA HORA DA DOR E DA PROVAÇÃO?
“Tu, pois, filho meu, fortifica-te na graça que está em Cristo Jesus” II Tm 2:1.
Paulo libera “uma palavra de fortalecimento para o jovem pastor chamado Timóteo. A Graça de Deus é um presente precioso para cada um de nós...”, é ela que nos sustenta.
“Não vos deixeis envolver por doutrinas várias e estranhas, porquanto O QUE VALE É ESTAR O CORAÇÃO CONFIRMADO COM A GRAÇA e não com alimentos, pois nunca tiveram proveito os que com isto se preocupam” Hb 13:09.
“Porque ninguém pode LANÇAR OUTRO FUNDAMENTO, além do que já foi posto, o qual É JESUS CRISTO” I Co 3:11.
“O Senhor vai nos fundamentar” isto é, nos fará “ter uma base, um alicerce” para permanecermos coerentes com a Sua vontade.
“O ÚNICO FUNDAMENTO É CRISTO, este fundamento nos fortalece, nos firma...”
“Para resistirmos a toda situação de dificuldade que vem contra nós,” precisamos “ter Jesus como fundamento em nossas vidas.” Foi esta a revelação que os irmãos da igreja primitiva tiveram, por isso tornaram-se mártires por amor a Cristo.
“Assim, já não sóis estrangeiros e peregrinos, mas concidadãos dos santos, e sois da família de Deus, EDIFICADOS SOBRE OS FUNDAMENTOS DOS APÓSTOLOS e profetas, sendo Ele mesmo, CRISTO JESUS, A PEDRA ANGULAR” Ef 2:19-20.
“Todos nós temos promessas de Deus”, que Ele deseja cumprir em cada um de nós, “mas temos que passar pela prova.”
Você pode até expressar este desejo: “Eu queria ser como Paulo, como Pedro...” Mas antes “pergunte para eles como foi a sua trajetória? O que eles passaram?”
“Para quem não teve essa revelação”, a revelação da importância do sofrimento na vida cristã, “foi dito a respeito deles: ICABODE, a glória de Deus se foi do seu ministério”; porque amaram mais a glória dos homens.
Conforme Filipenses 2:5-11, “não foi ninguém que esvaziou Jesus, Ele a si mesmo se esvaziou; não foi ninguém que humilhou Jesus, Ele a si mesmo se humilhou.” E tudo isso “foi para a glória do próprio Jesus? Não! FOI PARA A GLÓRIA DE DEUS PAI!”
Precisamos compreender que o sofrimento vai nos “ aperfeiçoar, firmar, fortificar e fundamentar, para que o nome de Deus seja glorificado.”
“Só ele é a minha rocha, e a minha salvação, e o meu alto refúgio; não serei muito abalado” Sl 62:02.
“Davi foi conhecido como homem segundo o coração de Deus”, mas ele não nasceu assim, ele foi aperfeiçoado pelo sofrimento.
“Entretanto, o firme fundamento de Deus permanece, tendo este selo: O Senhor conhece os que lhe pertencem...” II Tm 2:19.
“Deus conhece os seus e são aqueles que não vão negá-Lo na hora da tribulação, na hora da dificuldade.”

“ENTENDA, DISCIRNA BEM, O TEMPO DE PROVAÇÃO DE DEUS EM SUA VIDA. ISSO É BENÇÃO PARA VOCÊ! DEUS ESTÁ TRATANDO O SEU CARÁTER PARA VOCÊ SE TORNAR UM OBREIRO APROVADO, QUE MANEJA BEM A PALAVRA DA VERDADE E NÃO TEM DO QUE SE ENVERGONHAR!”

MISSIONÁRIO SÉRGIO LUIS – 10/06/07






terça-feira, 18 de março de 2008

DEUS ESTABELECERÁ NOVOS FUNDAMENTOS

Amados, esta foi uma visão que Deus me entregou num dia em que estávamos reunidos em oração com alguns intercessores. Discirna e receba no seu espírito aquilo que o Pai tem pra você.

Visão de vários odres. Odres novos e odres velhos. E o Senhor diz: “Quero colococar vinho novo em odres novos. O vinho novo é que vai deter o espírito da Grécia. Este vinho é que vai deter as estruturas antigas”. Deus quer derramar o novo!
O Senhor diz, que Jesus nunca colocou vinho novo em odres velhos. Ele trouxe o novo para romper com o velho! As fortalezas mentais são estruturas velhas que precisam ser arrancadas. Por isso, muitas vezes, Jesus foi resistido, mas Ele conseguiu vencer porque Ele nunca misturou o santo com o profano.
O Senhor diz: “Eu preciso de odres novos, porque Eu tenho muito vinho para encher estes odres novos. Não voltem atrás! Avancem! O espírito da Grécia vence aqueles que olham para trás.
Visão do odre velho sendo quebrado. O Senhor quebra o odre velho com o martelo e Ele diz: “Quebrei o odre velho para que vocês não insistam em colocar vinho novo neles. Não desperdicem o novo, não desprezem o novo. Estou fazendo de vocês odres novos.
Visão de odres novos se multiplicando. Visão de um vinho novissímo sendo derramado. Vários anjos de Deus estão neste lugar. Cada anjo coloca o vinho em cada odre novo. E ele diz: “Bebam deste vinho e as tradições serão vencidas. Preconceitos cairão por terra. Portas serão abertas. Vocês não serão mais doentes. Eu falo de enfermidade espiritual. Chagas e lepras espirituais. Quando vocês verdadeiramente forem odres novos, vocês receberão a revelação do meu Filho e aprenderão com Ele que fez 3 companheiros, 12 discípulos, 70 irmãos e, libertou muitas almas. Tenho muitas coisas novas para derramar sobre vocês, mas removam as estruturas antigas. Quero um povo que busque a minha presença. Um povo que saiba me ouvir. Vocês já têm avançando nisto, mas podem avançar muito mais. Tão somente me busquem!
Visão dos odres sendo cheios até a boca e o Senhor colocou um selo sobre cada um deles, como um selo de qualidade. E o Senhor diz: Esperem mais um pouco e vocês começarão a transbordar este vinho e outros odres novos serão cheios deste vinho que vocês transbordarem. A criação geme pela manifestação dos filhos de Deus!
A visão abre e ao redor de cada odre novo, vários odres novos e menores e, depois, outros menores que estes. O Senhor diz: “Este é um tempo em que vou levar minha igreja para a prensa. Vocês vão frutificar na prensa. Vocês terão mais revelação da minha Palavra. Vou usar pessoas no meio do corpo, que terão revelações na minha Palavra que vocês ainda não alcançaram. Chegou o tempo em que o menor virá a ser mil e o mínimo uma nação forte. Se preparem meus pequeninos, meus filhinhos, pois os grandes conhecerão vocês. O que Eu tenho feito é só o começo. Estou reavivando dons. Estou estabelecendo apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres para edificarem o meu povo nesta terra. Dediquem-se a buscar-me! Invistam o tempo de vocês na minha Palavra!
Visão dos odres maiores se movimentando e transbordando e começando a encher os odres menores. Um anjo do Senhor transporta este odre maior fazendo toda esta movimentação. E o Senhor diz: “É pelo meu Espírito!”. Vocês verão e crerão nisto.
Visão de nossas mentes sendo abertas pelo Senhor e um monte de escombros sendo retirados. E o Senhor diz: “Isto não presta!”. Visão do Senhor fazendo uma construção em nossa mente. Visão dos alicerces, que são fundamentos, sendo estabelecidos. As paredes sendo levantadas e o teto sendo colocado, e outras construções semelhantes sendo edificadas sobre a anterior . E o Senhor então fecha nossa mente. Um anjo pega um cântaro e começa a derramar um óleo sobre nossas cabeças. O Senhor diz:” Não vos conformeis com este mundo, com o Cosmo, com o sistema, mas sede transformados, mudados, pela renovação do vosso entendimento, que não é somente a letra. Mas sim, o Espírito de revelação e entendimento, e vocês irão experimentar com prazer a minha vontade que é boa, perfeita e agradável. Guardem isso no coração e na mente de vocês!
O oleo é o selo, e assim, vocês estarão preparados para vencer o espírito da Grécia. Não se movam segundo as tradições deste mundo, mas sim pelo meu Espírito. Não julguem segundo o que vocês vêm, é pelo meu Espírito. Vocês oferecem resistência ao espírito da Grécia todas as vezes em que vocês param para me ouvir. Mas, todas as vezes em que vocês agem sem me ouvir vocês permitem que o espírito da Grécia se mova no meio do povo.
Visão de livramentos de acidentes, de contendas e divisões. Livramento de ministérios que estavam para serem ceifados pelo inimigo e o Senhor diz que todas as vezes em que vocês pararam para ouvi-Lo Ele deu este livramento para vocês.
Sérgio/Março de 2008

COMO ACESSAR O REINO DE DEUS

“COMO ACESSAR O REINO DE DEUS”

(Miss. Sérgio Luis – 16/09/07 ,em São Luís/MA).

“Por que o Reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo”. Rm 14:7

“Nós temos ouvido muito sobre o Reino, mas elas”, as mensagens, ensinos e palavras “têm sido desprezados”. “Nós temos ferramentas em nossas mãos, mas nós não estamos usando. A maior ferramenta que Deus tem deixado para cada um de nós é a Sua Palavra”. Pois, “quando guardamos a Palavra, nós somos curados”.
“AH! Mas eu já conheço o Reino de Deus como cristão!” Mas a questão relevante é: “O quanto da Palavra tenho guardado?” Pois podemos estar mais envolvidos pela religião do que pelo Reino, uma vez que “a mente das pessoas estão totalmente contaminadas com sermões que não indicam o Reino,”contaminadas pelo o humanismo.
“A primeira coisa que precisamos aprender é: O que é o Reino de Deus? O reino significa domínio moral e espiritual onde o rei é supremo”. E como sabemos, “Jesus é esse rei” no Reino de Deus. E nós, quem somos neste Reino? “Nós somos apenas” os doúlos: os “ servos, escravos desse Reino”. E Jesus é o “Kyrios”: o “Senhor, Chefe, Dono Supremo...”
Sobre qualquer assunto que Jesus ensinava, Ele sempre indicava o Reino, o governo de Deus sobre todas as coisas. “Se Ele falava sobre finanças, falava sobre o Reino...” Tudo em nós precisa indicar o Reino.
Infelizmente, “enquanto Igreja temos pregado um ‘evangelho das ofertas’”, um evangelho que enfatiza apenas os benefícios e vantagens para o próprio conforto.
Outro aspecto que precisamos saber é que: “o Reino é universal, é acessível a todas as pessoas”. “TODOS NÓS TEMOS ACESSO A ESTE REINO, DESDE QUE NOS TORNEMOS ESCRAVOS DE JESUS”. Mas não podemos nos esquecer que “escravos não têm vontade própria. Será que a nossa vontade tem sido vencida pela vontade do Senhor?”
Terceiro aspecto que precisamos aprender é: “O que caracteriza alguém como cidadão do Reino de Deus?” Não é a condição social, econômica, ou política; não são os esquemas de influência, ou a que classe religiosa pertencemos; pois, como sabemos, “nem todo aquele que diz: Senhor, Senhor! Entrará no Reino do céus, MAS AQUELE QUE FAZ A VONTADE DE MEU PAI, que está nos céus” – Mt 7:21.
“Submissão e obediência à vontade de Deus é o que caracteriza o cidadão do Reino. Se você é escravo do Reino, você precisa ser obediente”.
Quarto aspecto: “Onde está o Reino de Deus?” O próprio Jesus respondeu: “Não vem o Reino de Deus com visível aparência. Nem dirão: Ei-Lo aqui! Ou: Lá está! PORQUE O REINO DE DEUS ESTÁ DENTRO DE VÓS” – Lc 17:2-21.
“Esse Reino não poderia ser visto ou tocado, pois Ele é sobrenatural. Não é um reino físico, mas um reino espiritual”. Antes de você ser um corpo, antes de você ser uma alma, você é um espírito, um homem espiritual. Precisamos discernir todas as coisas a partir Espírito.
“Existem muitas fontes por aí, mas nem todas são de Deus. Quando temos a revelação que o Reino de Deus está dentro de nós, nós não queremos tocar no que não é de Deus”. Nós não seremos facilmente seduzidos ao anunciarem que ali está surgindo uma “nova revelação”, pois sabemos que o Reino está dentro de nós.
“ Hoje têm sido apresentado muitos reinos de homens que querem o melhor lugar na mesa. Pessoas querem dominar outras pessoas”. Precisamos ter consciência que “somente Jesus pode dominar, controlar as pessoas”.
“Existem muitos nos palcos” usando o nome de Deus em vão, pois estão em “adultério”, em rebeldia, procurando vantagens pessoais, reconhecimento e glória para si. “Homens eloqüentes que são PHD’s em teologia, Doutores em Divindade e etc... que menosprezam a outros...” “São”, na verdade, “guias cegos guiando outros cegos”.
Entre tantas novidades que surgem, existem “pessoas que estão desprezando os seus começos humildes, os marcos antigos. Não estão valorizando aquilo que Deus concedeu lá atrás. E quando você não valoriza os humildes começos,” você acaba não reconhecendo e valorizando os humildes começos dos outros.
Quinto aspecto que precisamos aprender é: “Quão difícil é entrar no Reino de Deus”. Esta foi a conclusão tirada pelos discípulos após Jesus ter confrontado o Jovem Rico, confrontado o seu reino pessoal. “Deus está confrontando fortalezas de orgulho por meio destas revelações”.
Jesus no diálogo com o Jovem Rico apresenta progressivamente o Reino, passo a passo o mesmo é esclarecido conforme é descrito em Marcos 10:17-31:
“(17) E, pondo-se Jesus a caminho, correu um homem ao seu encontro e, ajoelhando-se, perguntou-lhe: BOM MESTRE, que farei para herdar a vida eterna?”
Primeiro passo: O Jovem “começa a ver o caráter de Jesus”. Entretanto, Jesus responde “que ninguém é bom senão um, que é Deus”. “Jesus era livre de toda fortaleza de orgulho”. O Jovem reconheceu quem é Jesus!
“(19) Sabes os mandamentos: Não matarás, não furtarás, não dirás falso testemunho, não defraudarás ninguém, honra a teu pai e a tua mão”.
Segundo passo: “Jesus começa apresentar os mandamentos”.
“(20) Então, ele respondeu: Mestre, tudo isso tenho observado desde a minha infância”.
Terceiro passo: O Jovem “disse que guardava os mandamentos”. Nos dias atuais, ele seria um cristão confesso fiel em muitas práticas, obras, e atitudes com a toda a indumentária evangélica, um aparente cristão autentico. Mas...
“(21) E Jesus, fitando-o, o amou e disse: Só uma coisa te falta: Vai, vende tudo o que tens, dá aos pobres e terás um tesouro no céu; então, vem e segue-me”.
Quarto passo: Jesus colocou a condição pessoal para o Reino de Deus ser plenamente estabelecido nele: “LARGAR TUDO!” O Reino de Deus requer tudo.
“(22) Ele, porém, contrariado com esta palavra, retirou-se triste, por que era dono de muitas propriedades”.
Quinto passo: Diante da exigência do Reino, “o jovem rico prefere o seu reino pessoal”.
Existia nos muros das cidades uma pequena entrada em que um homem mal poderia entrar. E é com esta analogia que Jesus responde aos seus discípulos sobre como adentrar no Reino após se despedir do jovem rico, dizendo: “(24)... Filhos, quão difícil é [para os que confiam nas riquezas] entrar no reino de Deus! È mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus”.
Como alguém já disse: “No Caminho Largo você pode passar com casa, carro, bens; mas no Caminho Estreito só passa você”. “Talvez você e eu não tenhamos uma grande casa, um carro do ano, uma boa conta bancária, herança, bens... mas você tem o seu chamado, ministério, títulos sociais”, sua reputação, ou qualquer coisa que ocupe o lugar que só deveria pertencer a Deus. Ele é o Senhor, o dono de tudo o que temos e que somos... “O Caminho Estreito está ai, este é o caminho para o Reino de Deus”.
Infelizmente, “quando é apresentada a condição para entrar no Reino, preferimos o nosso reino pessoal”.
Por fim, o sexto aspecto que precisamos aprender para entrar no Reino é: precisamos perder a vida por causa de Jesus. Pois quem quiser salvar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a vida por minha causa acha-la-á” – Mt 16:25.

Obs: elaborado dentro de uma flexibilidade interpretativa – Edílson Gomes.

Qual o propósito deste BLOG?

Amados discípulos de Cristo e amigos, o propósito maior em criarmos este BLOG é manifestar o Reino de Deus. Então, toda honra, glória e louvor, sejam dadas a Ele, pois só Ele é digno de receber!
Com o desejo de manifestarmos o Reino de Deus decidimos então, compartilhar com os amados algumas palavras que Deus tem ministrado aos nossos corações e, também, ao coração de outros irmãos. Espero que todos sejam abençoados rica e abundantemente pelas riquezas insondáveis do Evangelho de Jesus Cristo.
Em Cristo,
Sérgio e Débora.