quinta-feira, 20 de março de 2008

APERFEIÇOADOS ATRAVÉS DO SOFRIMENTO

“NÓS SOMOS APERFEIÇOADOS ATRAVÉS DO SOFRIMENTO.”

“Mas o Senhor lhe disse: Vai, pois este é para mim um instrumento escolhido para levar o meu nome perante os gentios e reis, bem como perante os filhos de israel...
...pois eu lhe mostrarei quanto lhe importa sofrer por causa do meu NOME ” Atos 9:15-16.
Uma das causas da inconsistência da vida cristã que temos vivido está em termos sido alcançados pelo “evangelho das ofertas”. Pelo evangelho que nos apresenta apenas os benefícios da cruz. E no meio deste “evangelho” o que se proclama é: “Vem pra Jesus e você vai receber isso e aquilo...”.
Mas, não é isso que de fato é o Evangelho como a experiência da conversão do Apóstolo Paulo retrata. O próprio Paulo foi instrumento de perseguição e de sofrimento para a Igreja, até que no caminho para Damasco teve uma experiência sobrenatural com o Senhor e ouviu a Sua voz dizendo: “Saulo, Saulo por que me persegues?” E naquele instante Saulo/Paulo faz a sua primeira confissão de fé: “Quem és tu, Senhor?” Daquele momento em diante Paulo passa de perseguidor para perseguido e começa a desfrutar na sua vida, no seu ministério, o privilégio de sofrer por Cristo.
Paulo teria a experiência de que “sofrer pelo nome de Jesus vai redundar em benção.”.
“O que tem sido pregado são somente as bênçãos sem mostrar o custo da vida de Cristo.”
Conforme João 3:16 que declara que:“ Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu único Filho, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha vida eterna”; compreendemos que, “alguém pagou o preço, alguém foi rejeitado, alguém sofreu...”
“Ora, o Deus de toda a graça, que em Cristo vos chamou para a sua eterna glória, DEPOIS DE TERDES SOFRIDO POR UM POUCO, ELE MESMO VOS HÁ DE APERFEIÇOAR, FIRMAR, FORTIFICAR E FUNDAMENTAR.” I Pe 5:10.
“... alegrai-vos na medida em que SOIS CO-PARTICIPANTES DOS SOFRIMENTOS DE CRISTO, para que também, na revelação de sua glória, vos alegreis exultando” I Pe 4:13.
Precisamos ter a revelação de que “SOFRER POR CRISTO É UM PRIVILÉGIO.”
“Por diversas situações difíceis que passamos acabamos murmurando.” Lembre-se: “a murmuração é adoração ao inferno”, é a linguagem do reino das trevas.
“Você tem que se sentir alegre por passar pelas mesmas aflições que Cristo passou. Muitos hoje não querem passar pelo que Cristo passou”, preferem viver um Cristianismo sem cruz.
Percebemos que conforme I Pe 5:10 declara, o próprio Deus, “Ele mesmo vai começar a operar um processo de mudança em seu caráter.”
“O sofrimento é bem-vindo em Cristo Jesus. Essa mensagem não é de derrota não! Todos vão passar por provações, vão passar por sofrimento, MAS ESSE SOFRIMENTO VAI MOLDAR O SEU CARÁTER.”
“Se não soubermos quem nós somos em Cristo, na primeira dificuldade vamos negá-Lo.” E seremos como a porca que volta ao lamaçal ou como o cachorro que volta ao seu vômito.
“Paulo recebeu do Senhor um espinho na carne... Deus permitiu que o espinho na carne tratasse o seu caráter. Ele era extremante orgulhoso...” Diante do sofrimento, como Paulo que clamou três vezes a Deus para livrá-lo, nós também vamos clamar, mas nem sempre vamos ouvir o que queremos ouvir, e sim um simples e poderoso: “... a minha GRAÇA te basta, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza...”
“O Deus que me revestiu de força e aperfeiçoou o meu caminho...” Sl 18:32
“Deus estava aperfeiçoando o caminho de Davi, e Ele quer aperfeiçoar também o seu caminho.”
“... pois a LEI NUNCA APERFEIÇOOU COISA ALGUMA, e, por outro lado, se introduz esperança superior, pela qual nos achegamos a Deus.” Hb 7:19
“... muitos estão querendo ser aperfeiçoados só participando de uma escola de treinamento,” como por exemplo, a ECAM (Escola de Capacitação Missionária). Mas precisamos compreender que “todo treinamento tem a parte teórica e a parte prática. VOCÊ SERÁ PROVADO!”
“Se você quer ser aperfeiçoado, se prepare, pois, provas virão, tribulações virão”, o sofrimento será inevitável.
“Não tem um homem de Deus na Palavra, aprovado, que não tenha experimentado os benefícios do sofrimento.”
“Por que, com uma única oferta, APERFEIÇOOU PARA SEMPRE quantos estão sendo santificados” – Hb 10:14.
“Quando passamos pelo sofrimento Deus está nos aperfeiçoando,” nos fazendo obter “um maior grau de aptidão”, de habilidade espiritual, de maturidade e uma excelente oportunidade de termos o nosso caráter provado.
Conforme I Pe 5:10, “além de nos aperfeiçoar, Deus vai nos FIRMAR. Qualquer prova que vem você cai! Chega!!! Deus vai te firmar, meu irmão!”
“Esperei confiantemente pelo Senhor; ele se inclinou para mim e me ouviu quando CLAMEI POR SOCORRO. Tirou-me de um poço de perdição, de um tremedal de lama; colocou-me os pés sobre uma rocha e ME FIRMOU OS PASSOS” – Sl 40:1-2.
“Só clama por socorro quem está necessitado, quem está desesperado e, que não consegue resolver o problema sozinho...”
“Deus quer firmar os nossos passos, por isso Deus tem permitido o sofrimento que temos passado.”
“Você está saindo da situação de menino para se tornar homem. Saindo do tempo de meninice, crescendo e amadurecendo no Senhor.” Avance, guerreiro!
“Quem és tu que julgas o servo alheio? Para o seu próprio Senhor está em pé ou cai; MAS ESTARÁ EM PÉ, POIS O SENHOR É PODEROSO PARA O SUSTER” – Rm 14:04.
“O Senhor vai nos FORTIFICAR. Tornar forte com muita possibilidade de vitória...” nos fará “discípulos consistentes”.
Há um livro chamado “O Homem do Céu” (leitura recomendada), que relata a história de um chinês que experimentou o sofrimento de forma intensa pelo fato de não querer negar o nome de Jesus, de não parar de fazer a Sua vontade na proclamação do Evangelho. O irmão Yun sofreu e foi humilhado de diversas formas: apanhou de formas variadas, colocaram fezes e urinaram em sua boca, quebraram as suas pernas de tanto baterem nele, etc.. Houve um caso na prisão interessante. Um irmão em sua cela ao ser pressionado pelos guardas por meio das torturas para negar a Jesus, acabou cedendo à pressão, e acabou negando-O. Isso indignou tanto o irmão Yun, que ele começou a escrever diante desse irmão na parede da cela diversas vezes: “NÃO AO DIABO E SIM PRA JESUS”. Escreveu tão intensamente que o lápis acabou... mas ele continuou escrevendo com o sangue do próprio dedo: “NÃO AO DIABO E SIM PRA JESUS.”
Portanto, no meio das provas e sofrimentos sempre diga com suas atitudes: “NÃO AO DIABO E SIM PRA JESUS!”
Ao visitar a Igreja do Ocidente, o irmão Yun percebeu essa distorção do evangelho que vivenciamos; um evangelho que enfatiza as nossas necessidades e não os interesses do Reino, e disse que a “a Igreja do Ocidente precisa se arrepender.”
“Vamos ser FORTALECIDOS pela fé... QUAL É A SITUAÇÃO EM QUE VOCÊ VAI TER FÉ? SÓ NO TEMPO BOM? E NA HORA DA DOR E DA PROVAÇÃO?
“Tu, pois, filho meu, fortifica-te na graça que está em Cristo Jesus” II Tm 2:1.
Paulo libera “uma palavra de fortalecimento para o jovem pastor chamado Timóteo. A Graça de Deus é um presente precioso para cada um de nós...”, é ela que nos sustenta.
“Não vos deixeis envolver por doutrinas várias e estranhas, porquanto O QUE VALE É ESTAR O CORAÇÃO CONFIRMADO COM A GRAÇA e não com alimentos, pois nunca tiveram proveito os que com isto se preocupam” Hb 13:09.
“Porque ninguém pode LANÇAR OUTRO FUNDAMENTO, além do que já foi posto, o qual É JESUS CRISTO” I Co 3:11.
“O Senhor vai nos fundamentar” isto é, nos fará “ter uma base, um alicerce” para permanecermos coerentes com a Sua vontade.
“O ÚNICO FUNDAMENTO É CRISTO, este fundamento nos fortalece, nos firma...”
“Para resistirmos a toda situação de dificuldade que vem contra nós,” precisamos “ter Jesus como fundamento em nossas vidas.” Foi esta a revelação que os irmãos da igreja primitiva tiveram, por isso tornaram-se mártires por amor a Cristo.
“Assim, já não sóis estrangeiros e peregrinos, mas concidadãos dos santos, e sois da família de Deus, EDIFICADOS SOBRE OS FUNDAMENTOS DOS APÓSTOLOS e profetas, sendo Ele mesmo, CRISTO JESUS, A PEDRA ANGULAR” Ef 2:19-20.
“Todos nós temos promessas de Deus”, que Ele deseja cumprir em cada um de nós, “mas temos que passar pela prova.”
Você pode até expressar este desejo: “Eu queria ser como Paulo, como Pedro...” Mas antes “pergunte para eles como foi a sua trajetória? O que eles passaram?”
“Para quem não teve essa revelação”, a revelação da importância do sofrimento na vida cristã, “foi dito a respeito deles: ICABODE, a glória de Deus se foi do seu ministério”; porque amaram mais a glória dos homens.
Conforme Filipenses 2:5-11, “não foi ninguém que esvaziou Jesus, Ele a si mesmo se esvaziou; não foi ninguém que humilhou Jesus, Ele a si mesmo se humilhou.” E tudo isso “foi para a glória do próprio Jesus? Não! FOI PARA A GLÓRIA DE DEUS PAI!”
Precisamos compreender que o sofrimento vai nos “ aperfeiçoar, firmar, fortificar e fundamentar, para que o nome de Deus seja glorificado.”
“Só ele é a minha rocha, e a minha salvação, e o meu alto refúgio; não serei muito abalado” Sl 62:02.
“Davi foi conhecido como homem segundo o coração de Deus”, mas ele não nasceu assim, ele foi aperfeiçoado pelo sofrimento.
“Entretanto, o firme fundamento de Deus permanece, tendo este selo: O Senhor conhece os que lhe pertencem...” II Tm 2:19.
“Deus conhece os seus e são aqueles que não vão negá-Lo na hora da tribulação, na hora da dificuldade.”

“ENTENDA, DISCIRNA BEM, O TEMPO DE PROVAÇÃO DE DEUS EM SUA VIDA. ISSO É BENÇÃO PARA VOCÊ! DEUS ESTÁ TRATANDO O SEU CARÁTER PARA VOCÊ SE TORNAR UM OBREIRO APROVADO, QUE MANEJA BEM A PALAVRA DA VERDADE E NÃO TEM DO QUE SE ENVERGONHAR!”

MISSIONÁRIO SÉRGIO LUIS – 10/06/07






2 comentários:

  1. Quero apenas dizer que esta palavra tem sido fundamento sólido para minha caminhada cristã.

    ResponderExcluir
  2. Estas palavras serviram muito ao meu coração. Que o Senhor os use abundantemente e faça prosperar todo propósito de fé que tiverem. Juntos irão mais longe.

    Abraços e visitem meu blog.

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário! Palavras de pessoas maduras servem para edificar aqueles que desejam este amadurecimento. Que Deus continue te abençoando!